Laboratório de Desenvolvimento Galênico e Nanotecnologia

ldgnano

Laboratório de Desenvolvimento Galênico e Nanotecnologia (LDGNano) da Escola de Farmácia da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) é destinado às atividades de pesquisa associadas a três programas de pós-graduação; Ciências Farmacêuticas (CiPharma), Nanotecnologia Farmacêutica- em Rede Nacional (Nanofarma) eCiências Biológicas (CBIOL-NUPEB). A nanotecnologia farmacêutica é usada como ferramenta tecnológica para melhorar a eficácia, reduzir a toxicidade, melhorar a biodisponibilidade, e também a seletividade para o alvo terapêutico de diferentes bioativos ou materiais para diagnóstico. O laboratório conta com uma equipe liderada pela Profa. Vanessa Mosqueira, composta por 2 pós-doutorandos, 7 doutorandos, 2 mestrandos e 6 alunos de iniciação científica, além de mais de 11 alunos em co-orientações e colaborações com mais de 20 pesquisadores da UFOP, UFMG, Embrapa, Université de Montpellier, USP, USP-RP, etc.
O laboratório possui financiamento através de projetos de pesquisa aprovados pelas agências de fomento nacionais (CNPq, CAPES, FAPEMIG, Embrapa) e internacionais (OMS/World Bank) e da rede NANOBIOMG. Existem colaborações internacionais com a França em vigência, por meio de projeto CAPES-COFECUB, que vêm permitindo a mobilidade de estudantes de doutorado e pós-doutorado entre os dois países.ft

As linhas de pesquisa do laboratório envolvem pesquisa e desenvolvimento tecnológico de:

1-      Formulações nanoestruturadas para tratamento de doenças parasitárias;

2-      Formulações nanoestruturadas com aplicações em medicina veterinária;

3-      Caracterização fisico-química de nanoestruturas por diferentes técnicas;

4-      Formulações auto-emulsionáveis para tratamento de doenças parasitárias pela via oral;

5-      Formulações nanoestruturadas para terapia fotodinâmica com fotosensitizadores;

6-      Formulações para redução da cardiotoxicidade de fármacos não-cardioativos;

7-      Farmacocinética de fármacos associados a nanocarreadores;

8-      Estudos pré-clínicos de eficácia/toxicidade de nanocarreadores;

9-      Síntese de polímeros biodegradáveis funcionalizados;

10-  Citotoxicidade e estudos de interação célula/nanocarreadores.